Morre “Zé do gravador”

Morreu, aos 76 anos de idade, José Honório da Motta, conhecido pelos amigos por “Zé do gravador”, que morava na rua João Ramalho, na vila Tênis Clube.

Segundo seu amigo de infância e adolescência, Denizal Vieira, “Zé do gravador” ficou conhecidíssimo na vila Santa Cecília, na praça dona Leonor Mendes de Barros’, no antigo Hospital Sorocabana, nas décadas de 60 e 70 por sempre estar carregando um gravador. Nunca deixava o aparelho, que era de porte grande um dos pioneiros. Caríssimo na época”, lembrou Vieira.

Conta Vieira que ‘Zé do gravador’ tinha dezenas de músicas nas fitas gravadas. “As melhores canções do jovem cantor Roberto Carlos e os lançamentos que todos os amigos ouviam ao seu lado”, se lembra.

“Gravou conversas dos meninos e meninas, iniciantes imitadores de Fiori Gigliotti e outros locutores – narradores esportivos da rádio bandeirantes enquanto a molecada jogava futebol. Era um brincalhão emotivo, que tinha companheirismo com todos meninos da vila”, se recorda o amigo Denizal.

“O ‘Zé do gravador’ irradiava simplicidade. Sempre se aproximava dos grupos de jovens com alegrias e brincadeiras tendo seu gravador” , relembra Vieira.

Na mensagem, postada a um grupo de amigos, Denizal Vieira finaliza apresentando condolências à família. “O Zé do gravador nos deixa boas recordações. Saudades do amigo. Nossos sentimentos aos amigos e familiares enlutados. Siga em paz ao encontro do nosso senhor,” se despede.

O corpo de José Honório da Motta, o ‘Zé do gravador’, está sendo velado na sala 4 do Centro Funerário São Vicente. O sepultamento acontece às 9 horas, no Cemitério Municipal da Saudade, em Assis.

ze do gravador

Zé do gravador morreu aos 76 anos

Foto: arquivo

Veja também

A124 – Sepultamentos em Assis neste dia 22 de maio

Há dois sepultamentos programados para esta quarta-feira, dia 22 de maio, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta