Unidades de Saúde alegam ‘falta de treinamento’ por demora no uso de capacetes

Procuradas pela reportagem do Jornal da Segunda, as duas unidades de saúde de Assis que receberam a maior quantidade de capacetes respiradores da Associação Comercial, alegaram “falta de treinamento” para conseguirem colocar os equipamentos em funcionamento.

Eduardo Vella, diretor executivo da Fundação Educacional do Município de Assis, -FEMA-, que administra a Unidade de Pronto Atendimento ‘Ruy Silva’, no Jardim Aeroporto, disse: “Estamos aguardando um treinamento para os funcionários. Os responsáveis pelo treinamento estão com demanda muito alta”, alegou.

Segundo apurou o JS, alguns dos 16 capacetes recebidos chegaram a ser retirados das embalagens na UPA, mas teria sido detectada a falta de um acessório para colocar os equipamentos em funcionamento.

No entanto, Eduardo Vella garante que esse problema já foi resolvido: “os equipamentos (que faltavam) já foram providenciados”, afirmou.

A direção da Santa Casa de Assis, que também recebeu 16 capacetes respiradores aos pacientes com COVID-19, justificou ‘falta de treinamento’ para ainda não estar usando os equipamentos ‘que salvam vidas’.

Ao Jornal da Segunda, foi encaminhada a seguinte nota de esclarecimento:

Para a utilização dos equipamentos, a Santa Casa de Assis aguarda o agendamento do treinamento, que deverá ser ministrado pela Escola de Saúde Pública/CE, credenciada para esse fim;
– A realização do treinamento envolve um processo burocrático entre a Escola e a instituição doadora, com o envio de documentos e inclusive uma publicação em Diário Oficial e devido a isso foi adiado algumas vezes;
– O Capacete Elmo é um equipamento novo, ainda não contemplado nos protocolos do Ministério da Saúde, que são rigorosamente seguidos na Santa Casa de Assis. Desta forma, o treinamento é fundamental para a sua utilização em pacientes;
– Considerando a urgência do assunto, a Santa Casa informa que está buscando outros treinamentos disponíveis sobre o Capacete Elmo para viabilizar o seu uso, até que o evento pela Escola Pública seja agendado.
A Santa Casa de Assis novamente agradece a ACIA, seus Conselhos e todos os doadores da Campanha que possibilitaram os equipamentos para o enfrentamento da pandemia“, finaliza a Santa Casa de Assis.

O Jornal da Segunda encaminhou pedido de informações à Secretaria Estadual da Saúde sobre o uso dos capacetes respiradores doados ao Hospital Regional de Assis, mas ainda não obteve resposta.

O JS ainda não conseguiu contato com a direção da Santa Casa de Cândido Mota e a Prefeitura de Pedrinhas Paulista, que também receberam os equipamentos doados na campanha idealizada pelos Conselhos da Mulher Empreendedora e do Jovem Empreendedor da Associação Comercial Industrial de Assis.

29 abril santa casa

 

Check Also

A034 – Dois sepultamentos em Assis neste dia 12 de abril

Há dois sepultamentos programados para esta sexta-feira, dia 12 de abril, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta