Estrada de acesso a Borá se rompe com a chuva e um motorista morre ao ser tragado por cratera de 13 metros

Mais uma vítima fatal das fortes chuvas de janeiro ou da incapacidade técnica do homem ao construir vias públicas que não suportem a força das águas.

Por volta das 4h20 da madrugada dessa terça-feira, dia 17 de janeiro, as chuvas, que caíam desde a noite de segunda-feira, abriram uma enorme cratera num trecho da SPA-47, que dá acesso à rodovia SP-421, ligando Paraguaçu Paulista ao município de Borá.

Na cratera, com extensão de aproximadamente 13 metros na extensão das duas pistas, caíram um caminhão modelo truck, dois veículos de passeio e uma motocicleta.

A Polícia Militar Rodoviária já confirmou uma morte: a do motorista de um Ford Ka, placas de Belo Horizonte, Minas Gerais.

O corpo, retirado no início da manhã pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros de Paraguaçu Paulista, ainda não foi identificado.

Há outras vítimas feridas se maior gravidade.

Com o abertura da cratera, a rodovia está interditada e o local recebe sinalização de desvios.

Há três opções de acesso ao município de Borá.

O mais indicado pela Polícia Rodoviária é a entrada no KM 473 da rodovia SP-284, Manillio Gobbi, em direção a Usina Zillor.

Pela SP 294, há outras duas alternativas: entrada no KM 502, em Quintana e no KM 512, em Herculândia.

borá

A cratera foi aberta numa rodovia que dá acesso a Borá

Veja também

A206 – Dois sepultamentos em Assis neste dia 11 de julho

Há dois sepultamentos programados para esta quinta-feira, dia 11 de julho, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta