A020 – Jovem é morto com quatro tiros na cabeça e corpo é jogado no rio; quatro acusados foram presos

Mais um homicídio registrado em Assis e esclarecido pela polícia com a prisão de quatro suspeitos.

A Central de Polícia Judiciária foi informada no final da noite desta quinta-feira, dia 4 de abril, que a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência na rua Clarindo Gomes Alvares, no Jardim Eldorado, onde há denúncias de funcionamento de ponto de tráfico de drogas.

Quando chegaram ao local, os policiais militares encontraram um veículo Gol, vermelho, estacionado na via pública com “três indivíduos aparentemente nervosos na frente e um outro, igualmente muito nervoso, do outro lado da rua”, explicaram os policiais.

Ao notar a presença da viatura, o indivíduo que se encontrava do outro lado da rua tentou mudar o rumo da direção, levantando as suspeitas da equipe, que optou pela abordagem.

Durante a revista, todos foram identificados e qualificados.

Os policiais verificaram, então, que o veículo Gol, estacionado na rua, apresentava muitas manchas de sangue. Nesse momento, um dois suspeitos tentou retirar o tênis, também sujo de sangue.

No interior do carro, havia outro par de tênis com manchas de sangue.

Indagados, inicialmente os indivíduos apresentaram versões conflitantes sobre o sangue no veículo e nos calçados.

Com um dos suspeitos, os policiais encontraram dois telefones celulares, sendo que um deles também estava manchado com sangue.

Como as versões eram contraditórias, os policiais separaram os acusados para novos questionamentos.

Um deles nada falou. Outros três admitiram ter presenciado o homicídio e atirado o corpo no rio.

Informada, a Polícia Civil acionou a perícia para comparecer ao local.

Enquanto uma equipe preservou o local da abordagem e o carro localizado, uma outra equipe policial se deslocou até onde o corpo supostamente havia sido atirado.

Os três suspeitos indicaram a ponte do Rio Dourado, na divisa entre o município de
Florínea e o distrito de Frutal do Campo, onde o corpo foi arremessado.

Sobre a ponte, foram encontradas diversas manchas de sangue.

Assim que desceram uma mata, na lateral da ponte, os policiais encontraram o corpo, sobre galhos de árvore.

A vítima foi identificada como Wellinton Diogo Faustino dos Santos, de 21 anos.

Os acusados pelo homicídio contaram que estavam bebendo num bar, quando chegaram três envolvidos . Dois pediram uma carona pois iriam ter “uma conversa para acerto de contas”.

Durante o trajeto, um deles teria sacado uma arma e efetuado quatro tiros na cabeça da vítima.

Em seguida, seguiram até a ponte, onde jogaram o corpo no rio.

Na Delegacia, o autor dos tiros alegou que a vítima teria ‘mexido’ com sua namorada. Os demais nada disseram.

Os quatro receberam voz de prisão em flagrante, sendo encaminhados à Cadeia de Lutécia, onde aguardarão a manifestação da Justiça.

Veja também

A107 – Morre David Símili, aposentado do Fórum de Assis

Morreu no início da manhã desta quinta-feira, dia 16 de maio, na Santa Casa de …

Deixe uma resposta