A012 – Homem conduzindo moto morre em acidente e motorista responderá por homicídio culposo

Mais uma vítima fatal nas rodovias regionais.

Diferente do que foi informado inicialmente pela imprensa com base no boletim de ocorrência, uma homem (e não uma mulher) de 29 anos, que dirigia uma motocicleta Honda, modelo Twister, azul, 250 cilindradas, placa de Bebedouro, morreu após uma colisão com um veículo Santana, bege, placas de Ibirarema, conduzido por um aposentado de 65 anos, que mora em Lutécia.

O acidente ocorreu por volta das 22 horas desta segunda-feira, dia 1º de abril, no km 38 da rodovia José Bassil Dower, entre Paraguaçu Paulista e Lutécia.

Segundo a ocorrência, registrada na Central de Polícia Judiciária de Assis como ‘homicídio culposo’, os policiais rodoviários foram acionados para atender uma ocorrência de acidente na rodovia e, quando chegaram ao local, encontraram a vítima morta, à beira da rodovia.

De acordo com os policiais, a motocicleta seguia no sentido Lutécia-Paraguaçu e o Santana trafegava no sentido contrário, quando o Santana “colidiu lateralmente com o motociclo e a vítima caiu ao solo, vindo a óbito”.

O motorista fugiu do local sem prestar socorro e, naquele momento, não foi possível identificá-lo.

No entanto, enquanto a equipe policial aguardava a chegada da Polícia Científica. para realizar a perícia, um homem se apresentou, informando ter oferecido carona a um casal que apresentava alguns ferimentos e que poderia estar no carro envolvido no acidente com a moto.

Segundo essa testemunha, o casal foi deixado em Lutécia, mas ele não soube precisar o endereço.

Após a liberação do local pela perícia, os policiais se dirigiram até Lutécia, onde conseguiram obter informações sobre o endereço onde teria se refugiado o casal.

Na residência, o morador admitiu ser o proprietário do veículo Santana envolvido no acidente, mas explicou que o carro acidentado estava no meio de um matagal, à margem da rodovia.

Ele contou aos policiais que, no momento do acidente, ouviu sentiu um barulho na parte da frente do veículo e que, em seguida, o veículo rodou na pista e parou num matagal, onde permaneceu.

O motorista foi submetido ao teste do etilômetro, que resultou em negativo para álcool no organismo. Mesmo assim, ele admitiu aos policiais ter ingerido três latinhas de cerveja em Paraguaçu e que, de lá, seguiu para sua residência, em Lutécia.

Na Central de Polícia Judiciária, o delegado Renato Pinheiro decidiu dar voz de prisão em flagrante ao motorista, que responderá por homicídio culposo.

O corpo do motociclista, identificado por Jó Barbosa Pereira Santos, residente em Bebedouro, mas com familiares em Paraguaçu Paulista, foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Assis, para o exame necroscópico e toxicológico.

Até o momento, não há informações onde a vítima será velada e sepultada.

Matéria atualizada às 10 horas. Pedimos desculpas pelo equívoco na informação publicada anteriormente.

Veja também

A107 – Morre David Símili, aposentado do Fórum de Assis

Morreu no início da manhã desta quinta-feira, dia 16 de maio, na Santa Casa de …

Deixe uma resposta