Sem leitos no HR, assisenses ocupam mais de 10% da UTI em Marília e 20% em Paraguaçu

Enquanto o Hospital Regional de Assis continua, há 33 dias, com os leitos desativados para o atendimento do SUS às vítimas do novo coronavírus e suas variantes, os pacientes assisenses já ocupam mais de 10% das vagas da UTI no Hospital das Clínicas de Marília e 20%  na Santa Casa de Paraguaçu paulista.

Segundo informações obtidas pelo Jornal da Segunda, nesta terça-feira, dia 1º de fevereiro, dos 31 pacientes internados na UTI de Marília, além de sete marilienses, quatro eram de Assis. Os demais são das seguintes cidades: Osvaldo Cruz (1), Bernardino de Campos (2), Santa Cruz do Rio Pardo (1), Garça (2), Pedrinhas Paulista (1), Ourinhos (2), Paraguaçu Paulista (2), Timburi (1), Maracaí (1), Campos Novos Paulista (1), Vera Cruz (2), Guarantã (1), Ubirajara (1) e Cândido Mota (2).

A Superintendência da autarquia HC/Famema, que funciona como braço assistencial do Complexo de Saúde da Faculdade de Medicina de Marília, informou uma nova ampliação de dez novos leitos de UTI. Com aprovação do Governo de São Paulo, agora serão 42 leitos de UTI oferecidos pacientes de toda a região.

33 DIAS – Enquanto isso, o Hospital Regional de Assis continua com os leitos destinados aos pacientes de Covid-19 desativados há 33 dias, por decisão do Comitê Regional de Contingenciamento. Desde o dia 1º de janeiro, os assisenses do Sistema Único de Saúde precisam aguardar na UPA ‘Ruy Silva’, no Jardim Aeroporto, por vagas no Hospital das Clínicas de Marília e, desde a semana passada, na Santa Casa de Paraguaçu Paulista.

Em janeiro, sem leitos no Hospital Regional, alguns pacientes morreram na UPA de Assis sem conseguirem vaga para serem transferidos ao Hospital das Clínicas de Marília.

Acompanhe o levantamento feito pelo JS que mostra a taxa de ocupação hospitalar desta terça-feira, dia 1º, na região de Assis, incluindo os hospitais que atendem pacientes particulares ou conveniados:

Santa Casa de Paraguaçu Paulista (SUS)

Leitos de UTI (05) – Ocupados (05) – Taxa de ocupação 100%

Municípios de origem: Assis (2), Borá (1), Paraguaçu Paulista (1) e Lutécia (1)

Leitos de enfermaria (05) – Ocupados (04) – Taxa de ocupação 80%

Municípios de origem: Paraguaçu Paulista (3), Assis (1).

Hospital e Maternidade de Assis

Leitos de UTI (04) – Taxa de ocupação 125%

Leitos de clínica médica (13) – Taxa de ocupação 42,9%

Santa Casa de Assis

Leitos de UTI (05) – Taxa de ocupação 40%

Leitos de clínica médica (10) – Taxa de ocupação 30%

Hospital das Clínicas de Marília (SUS)

Leitos de UTI (32) – Taxa de ocupação 100%

Leitos de clínica médica (26) – Taxa de ocupação 76.9%

Leitos de UTI pediátrica/neonatal (02) – Taxa de ocupação 0%

Leitos de clínica médica pediátrica (08) – Taxa de ocupação 87,5%

 

Hospital de Osvaldo Cruz (SUS)

Leitos de UTI (10) – Taxa de ocupação 100%

UTI HC

UTI do Hospital das Clínicas em Marília abrirá mais 10 leitos

 

 

Veja também

A175 – Festa junina na Unesp acontece nesta sexta-feira

“Coloque o seu chapéu e venha se divertir conosco!” Esse é o convite feito pela …

Deixe uma resposta