Resultado do clássico ‘VOA’ deixa os dois times de Assis fora da zona de classificação

O resultado do clássico ‘VOA’ – VOCEM x Assisense, disputado na manhã deste domingo, dia 13 de maio, no estádio Antônio Vianna Silva, o Tonicão, deixou os dois times de Assis fora da zona de classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

A vitória sobre o VOCEM por 1 a 0, com um gol de pênalti, deixou o Assisense com 10 pontos, na quarta colocação do Grupo I, mas ainda fora da zona de classificação pelos critérios do regulamento da competição que garante classificação aos três primeiros de cada grupo e o melhor colocados entre os cinco grupos.

O time de Assis perde a vaga para o Flamengo de Guarulhos, do Grupo V, que também soma 10 pontos, mas tem um saldo de gols melhor.

No ‘Esquadrão da Fé’, a derrota diante do rival, além de empurrar o time para a quinta colocação, com os mesmos oito pontos, abriu a primeira crise, que poderá desencadear em mudanças no elenco e comissão técnica. A diretoria se reuniu logo, às pressas, logo após o jogo, no próprio estádio, e já teria tomado uma decisão,  que pode ser anunciada ainda nesta segunda-feira.

“Não é o momento de falar sobre isso, agora”, evitou se manifestar o presidente do clube, Fábio Mânfio, na saída do estádio, perguntado se haveria mudanças na comissão técnica.

Jogo – Pouquíssimas chances de gols em 90 minutos de jogo. Esse é o resumo do clássico, que reuniu cerca de 800 torcedores no estádio Tonicão, que passou a ser o maior público da temporada no Grupo I após seis rodadas. Antes, o Tupã liderava em bilheteria, com 788 pagantes na primeira rodada.

Para se ter uma ideia do ‘ataque’ mariano, o Atlético Assisense deve economizar trabalho e dinheiro para lavar a roupa do goleiro Rodrigo, que não foi exigido durante a partida. Já o goleiro Brunão foi o principal nome do VOCEM, com pelo menos duas ótimas intervenções e nada mais.

O que parece mais ter irritado o torcedor do VOCEM, além de ver um time apático e sem esquema tático definido em campo, foi notar que o técnico Edson Vieira sequer deixou banco de reservas para tentar orientar seus comandados. ‘Ele não saiu da casinha a maior parte do jogo’, reclamaram muitos torcedores e até mesmo alguns dirigentes.

O comandante oponente, Vitão Nardi, teve um comportamento completamente antagônico ao apático Vieira. Não sentou um minuto sequer durante todo o tempo de jogo, sempre gritando e orientando seus atletas. Só errou ao não repreender seus reservas, que provocaram o torcedor do VOCEM no momento do gol.

O único gol do clássico foi anotado aos 38 minutos da segunda etapa, em cobrança de penalidade máxima -mais uma- cometida pela zaga mariana. Nos últimos três jogos, foram três gols sofridos em cobrança de pênaltis. “Nem mesmo apostadores da China acreditariam nisso”, brincou um fanático torcedor.

Provavelmente, ele deveria estar se referindo às denúncias divulgadas em 2016 de fabricação de resultados no Campeonato Paulista da Segunda Divisão, onde gols marcados em cobrança de penalidade máxima eram acertados previamente.

Até hoje nada foi provado contra nenhum jogador, treinador ou dirigente dos clubes envolvidos.

Ícaro, que acabara de entrar, bateu forte o pênalti, sem chances de defesa para o goleiro Brunão.

Pela primeira vez, após vários anos, o VOCEM deixou o campo vaiado pela torcida. Detalhe: as vaias já surgiram no intervalo.

A pequena, mas barulhenta torcida do Assisense, deixou o estádio comemorando, enquanto, do lado oposto, alguns torcedores do VOCEM preferiram permanecer no estádio para cobrar a diretoria por mudanças rápidas.

RESULTADOS

Osvaldo Cruz 1 x 3 Santacruzense

Grêmio Prudente 1 x 2 Talentos 10

Tupã 1 x 0 Andradina

VOCEM 0 x 1 Assisense

PRÓXIMOS JOGOS

Assisense x Osvaldo Cruz

Talentos 10 x Tupã

Andradina x VOCEM

Santacruzense x Grêmio Prudente

class 13 de maio

Veja também

A132 – URGENTE – Acidente com vítima fatal no centro da cidade

Mais um acidente de trânsito com vítima fatal. Desta vez no centro de Assis, na …

Deixe uma resposta