Polícia Rodoviária inicia Operação Natal nesta sexta-feira, às 14 horas

Começa nesta sexta-feira, dia 23 de dezembro, às 14 horas, a ‘Operação Natal’, a ser desencadeada pela Polícia Militar Rodoviária nas estradas de todo o estado de São Paulo.

“O comando de Policiamento Rodoviário, segmento especializado da Polícia Militar do Estado de São Paulo, alinhado ao Programa “Respeito à Vida – São Paulo Dirigindo com Responsabilidade” e à segunda década de ação pela segurança no trânsito 2021-2030, desencadeará, a partir das 14 horas do dia 23 de dezembro (sexta-feira), até as 23h59 do dia 25 de dezembro de 2022 (domingo), a Operação “Natal 2022”, promovendo ações de implemento ao policiamento, proporcionando mais segurança a todos os usuários da malha rodoviária do Estado de São Paulo”, informou a Companhia da Polícia Rodoviária sediada em Assis.

Segundo o capitão Daniel Demétrio, “as ações dão continuidade ao policiamento ostensivo preventivo em decorrência da Operação Verão 2022/2023, instituída pelo Governo de Estado e desenvolvida pela Polícia Militar do Estado de São Paulo”, informou.

O comandante garantiu que “o policiamento rodoviário continua presente com todo o efetivo operacional, cerca de 3.400 homens e mulheres distribuídos diuturna e estrategicamente em mais de 800 viaturas e bases operacionais, nos mais de 22 mil quilômetros de rodovias estaduais, direcionado às áreas de incidência criminal e de sinistralidade viária, de forma a aumentar a percepção de segurança de todos os usuários que necessitem fazer deslocamentos entre municípios/estados. A presença e a visibilidade preponderam, sendo contínuo o trabalho conjunto com as Concessionárias de Rodovias, DER, ARTESP e outros parceiros”, disse.

Sobre a atuação dos policiais, o capitão Daniel Demétrio explicou que “durante todos esses dias,o policiamento buscará sedimentar condições de trafegabilidade cada vez mais seguras, conscientes e humanizadas, com foco na fiscalização da questão comportamental do motorista, posto que a falha humana constitui-se como a principal causa de sinistros de trânsito (90%, segundo a OMS)”, disse.

Tendo como objetivo salvar vidas e diminuir acidentes nas rodovias paulistas, o comandante do policiamento rodoviário entende que coibir as infrações de trânsito. Ele listou uma relação de prioridades a serem observadas pelos policiais no período da Operação Natal.

EMBRIAGUEZ AO VOLANTE – A infração de trânsito de embriaguez pune o motorista com multa e suspensão do direito de dirigir. A presença de álcool no organismo do condutor, por si só altera sua capacidade de dirigir e potencializa os riscos de sinistros de trânsito.

“Nesse sentido, o comando de policiamento rodoviário traz a importância de combater esse tipo de comportamento ao volante, principalmente com a adoção do ‘etilômetro seletivo’, equipamento que permite uma identificação qualificada e preparatória para o teste ativo”, ressaltou.

LIMITES DE VELOCIDADE NA VIA: O excesso de velocidade potencializa todas as demais infrações de trânsito. Não por outro motivo, o policiamento rodoviário tem intensificado a fiscalização desse tipo de infração, inclusive no período noturno.

USO INDEVIDO DO CELULAR AO VOLANTE: Importante destacar que o uso do telefone celular e sua concomitância com a condução de um veículo, ocasiona uma distração visual e cognitiva do condutor, ou seja, há perda completa da atenção durante o processo de dirigibilidade. Também é importante que o motorista sempre esteja com as duas mãos ao volante na condução do veículo.

ORIENTAÇÕES E CUIDADOS AOS PEDESTRES E CICLISTAS EM LOCAIS DE RISCOS: No período noturno há maior risco de atropelamentos de pedestres pela carência de iluminação e ao mesmo tempo, alguns pedestres, ainda insistem em cruzar a via em regiões de alto volume de tráfego, razão pela qual, o policiamento rodoviário adota campanhas educativas e distribuição de coletes refletivos, como estratégicas mitigadoras de sinistros.

ORIENTAÇÕES E CUIDADOS AOS MOTOCICLISTAS: Aos motociclistas, a Polícia Rodoviária orienta que eles dirijam com a atenção e os cuidados indispensáveis à segurança do trânsito, abstendo-se de realizar manobras entre os veículos e que dar preferência aos postos de serviço e bases da polícia para suas eventuais paradas. O transporte de crianças em motocicletas somente a partir de dez anos de idade e que possuam condições de cuidar de sua própria segurança.

22 dezembro policia rodoviaria

Informações e imagem: Polícia Rodoviária

Veja também

A205 – Futsal de Assis estreia com vitória nos Jogos Regionais de Tupã

Começaram as disputas nos Jogos Regionais de Tupã. Por razões a serem identificadas e superadas, …

Deixe uma resposta