Moradores criam grupo para monitorar e evitar ações de ladrão que aterroriza bairro

Moradores do bairro Bonfim estão revoltados com a onda de furtos residenciais.

Para monitorar os passos do ladrão e alertar os vizinhos sobre possíveis novos ataques do criminoso, eles decidiram criar um grupo na rede social whatsapp.

Intitulado ‘Sentinelas’, o grupo já reúne dezenas de moradores adicionados, mas eles garantem que o objetivo principal é que a polícia aja e prenda o ladrão, já identificado e flagrado em cenas capturadas de sistema de monitoramento.

A frieza e desfaçatez do criminoso tem revoltado os moradores. “Não é possível que esse criminoso não fique preso. Ele está aterrorizando o bairro. Todos sabemos e a polícia sabe quem é e nada é feito para interromper essa série de crimes. Alguém precisa tomar alguma providência”, pede uma professora.

Segundo um comerciante, já ‘visitado’ pelo criminoso, se a polícia não agir rapidamente, algo de muito grave poderá acontecer e não será responsabilidade dos moradores.

Um mecânico de veículos, que também está no grupo denominado ‘Sentinelas’ contou ao JS que o ladrão age sozinho, escalando muros, invadindo as casas e furtando aparelhos televisores e equipamentos eletrônicos de valor.

A um advogado, um policial teria admitido a série de furtos residenciais no bairro Bonfim, mas disse que inquéritos já foram instaurados. Ele orienta os moradores a procurarem a delegacia e registrar ocorrências, mas que a prisão do criminoso que aterroriza o bairro há meses depende de autorização judicial, mesmo com prisões em flagrante.

08 dezembro muro massa

Um dos imóveis invadido pelo ladrão no bairro Bonfim

Veja também

A156 – Coral da Unesp faz apresentação beneficente no Salão de Atos nesta sexta-feira

O Comitê de Ação Cultural e o Coral da Multiplicidade da Unesp de Assis convidam …

Deixe uma resposta