Funerária ainda aguarda documentação para sepultar bebê de três meses, encontrado morto no Nata

cemitéroO Centro Funerário São Vicente ainda aguarda a documentação para providenciar o velório e sepultamento do bebê de três meses de idade, Ricardo André Aparecido dos Santos, encontrado morto em sua casa, na manhã de Natal, no Jardim Santa Clara, em Assis.

Ele morava com a mãe, cuja identidade não foi revelada, na rua Maria Rosa Ferreira do Nascimento, 141. Desde aquela data, a mãe se comprometeu a levar o documento do filho à funerária para o corpo. ser liberado Como até a manhã desta quarta-feira, dia 30, o documento não havia sido providenciado, o bebê permanecia numa câmara fria do necrotério no Cemitério Municipal da Saudade, em Assis.

A morte – A Polícia Militar e o SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – foram acionados por volta das 10h00 no dia 25 de dezembro para atender a um pedido de socorro no Jardim Santa Clara.

Quando a viatura do SAMU chegou ao local, a equipe comandada pelo médico Paulo Souto constatou que a criança já estava morta.

Em razão de algumas suspeitas de desnutrição e desidratação, o médico pediu para que a criança fosse levada para o Instituto Médico Legal no Serviço de Verificação de Óbito. “Não podemos falar nada antes da expedição do laudo”, disse um agente funerário, que transportou o corpo do bebê ao Instituto Médico Legal, onde foi efetuado o exame necroscópico.

A provável causa, até que o laudo seja divulgado, é que a criança teve morrido por engasgamento ou sufocamento.

O boletim de ocorrência, registrado pelo delegado José Ricardo Baraldo como “encontro de cadáver, foi remetido à Central de Polícia Judiciária, responsável pela instauração do inquérito policial visando apurar as causas da morte.

Veja também

A124 – Sepultamentos em Assis neste dia 22 de maio

Há dois sepultamentos programados para esta quarta-feira, dia 22 de maio, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta