Cerca de 25 mil pessoas visitaram ‘Menino da Tábua’ no final de semana

Cerca de 25 mil romeiros passaram pelo cemitério municipal de Maracaí neste final de semana para visitar a capela de Antônio Marcelino, o ‘Menino da Tábua’. A estimativa é da Prefeitura Municipal de Maracaí.

Foram dois anos sem a visitação ao local em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Durante o final de semana, os visitantes puderam conhecer a “sala dos milagres” na capela e participar das missas, além de apreciar a feira livre nas proximidades do cemitério, as apresentações artísticas e culturais, além de uma grande praça de alimentação para recepcionar pessoas de várias cidades do país.

HISTÓRIA – Antonio Marcelino faleceu em 1945, aos 32 anos, e foi sepultado no cemitério municipal de Maracaí.

Marcelino tornou-se conhecido após várias pessoas atribuírem a ele benção de milagres alcançados por seu intermédio.

Desde 1977, trinta e dois anos após o falecimento do ‘Menino da Tábua’, o município realiza a tradicional festa em sua homenagem no último final de semana do mês de agosto.

Vítima de uma doença que o impedia de andar e restringia seu crescimento, Antônio Marcelino passou a maior parte da sua vida deitado sobre uma tábua de lavar roupa. Para se alimentar, consumia apenas leite e água. Não gostava de usar roupas e não deixava que forrassem sua tábua. Também se diz que nunca saía de casa e jamais viu a luz do sol.

Ainda em vida acredita-se que o ‘Menino da Tábua’ tenha realizado vários milagres, como a cura de pessoas enfermas e graças alcançadas por sua misteriosa intercessão.

Antônio Marcelino foi enterrado junto com sua tábua.

31 agosto menino da tábua

Milhares de pessoas passaram pelo cemitério de Maracaí

Imagem: Divulgação Prefeitura Municipal 

Veja também

A175 – Festa junina na Unesp acontece nesta sexta-feira

“Coloque o seu chapéu e venha se divertir conosco!” Esse é o convite feito pela …

Deixe uma resposta