763 – Suposta traição resulta em tentativa de homicídio por atropelamento em Assis; motorista é preso em flagrante

Um rapaz de 33 anos, alegando ter sido traído pela esposa, decidiu fazer justiça com as próprias mãos. Ou melhor: com o próprio carro.

Por volta das 8 horas da manhã desta segunda-feira, dia 18 de dezembro, ele colidiu intencionalmente seu veículo Fiat Uno, Mille, Way, prata, contra a motocicleta de um homem de 36 anos, que realizava manobra para estacionar na rua Capitão Assis (foto abaixo), no centro da cidade.

Local da tentativa de homicídio/Imagem: Ilustração

Na sequência, segundo versão da Polícia Militar, o motorista passou com o carro sobre a motocicleta, que estava caída no asfalto.

O motorista desceu do carro e passou a agredir a vítima, mas foi impedido por um policial, que estava nas imediações atendendo uma ocorrência de acidente de trânsito.

A vítima foi socorrida e levada para o atendimento médico, ficando internada para observação.

O agressor, indagado pelos policiais, alegou ter “descoberto que o indiciado estava tendo um caso com sua esposa e que a mesma teria confirmado a traição”.

Por isso, justificou ter “perdido a cabeça”, mas disse que “não queria matar a vítima, somente lesioná-la”, alegou.

Aos policiais, o agressor admitiu que possui uma arma de fogo em sua residência. mas não tem registro para portar a arma.

A arma foi localizada e apreendida, junto com a munição.

A ocorrência foi registrada pelo delegado Lincoln Amorim Kunisawa, que determinou a prisão em flagrante do motorista, indiciado por tentativa de homicídio.

Levado para a Cadeia Pública de Lutécia, o indicado aguardará por audiência de custódia.

Veja também

A175 – Festa junina na Unesp acontece nesta sexta-feira

“Coloque o seu chapéu e venha se divertir conosco!” Esse é o convite feito pela …

Deixe uma resposta