168 – Acusado de roubo morre em confronto com policiais

Um homem de 30 anos, acusado de ter assaltado uma família no distrito do Frutal do Campo, em Cândido Mota, morreu ao trocar tiros com policiais militares que o perseguiram durante sua tentativa de fuga.

O assalto aconteceu por volta das 21 horas desta segunda-feira, dia 13 de março, numa resiência da rua Laércio Gonçalves Diniz, distrito do Frutal do Campos, no município de Cândido Mota.

Logo depois, durante a perseguição ao criminoso, houve uma troca de tiros com a Polícia Militar no km 406 da rodovia Miguel Jubran, em Assis, que resultou na morte de Wiliam Henrique da Silva, de 30 anos.

As ocorrências foram registradas  pelo delegado José Eduardo Dias por volta das 3h30 desta terça-feira, dia 14, e liberadas à imprensa no início da manhã.

Por norma da Polícia Militar, os envolvidos em intervenção que resulta em morte não comparecem à delegacia para prestar depoimento, cabendo à outra equipe o registro da ocorrência.

Os policiais militares informaram ter tomado conhecimento, via rádio, do assalto a uma  residência no distrito de Frutal de Campo, em Cândido Mota, onde um indivíduo roubou um veículo modelo Ônix e uma quantia em dinheiro, fugindo com o carro roubado.

Minutos após, através do rádio, eles foram informados que o veículo Ônix, roubado em Cândido Mota, estaria na rodovia Miguel Jubran, na SP-333, próximo ao km 410, em direção a Assis, sendo acompanhado por outra viatura policial.

Segundo os policiais, durante a aproximação da viatura no sentido de interceptar o veículo roubado, o condutor, identificado como Willian Henrique da Silva, “ainda dentro do veículo, efetuou disparos contra a equipe policial, a qual prontamente se defendeu e revidou os disparos, acertando Willian“, contaram.

Os próprios policiais acionaram a equipe de resgate, que constatou a morte do motorista.

No interior do Ônix, os policiais encontraram R$ 510,00 que haviam sido roubados na residência e dois aparelhos celulares, sendo um de propriedade de uma vítima durante o roubo e outro que pertencia ao criminoso.

O delegado José Eduardo Dias requisitou a Polícia Científica para periciar o local e acionou a funerária de plantão para remover o corpo ao Instituto Médico Legal de Assis onde aconteceria o exame necroscópico.

O delegado apreendeu a armas do criminoso e dos policiais envolvidos na ocorrência.

O veículo roubado foi recolhido ao pátio por ser de propriedade uma empresa.

O comandante da Polícia Militar também compareceu à Delegacia de Polícia para acompanhar o registro da ocorrência.

A arma, munições, uma luva e uma balaclava (touca) usadas pelo assaltante foram apreendidas.

ROUBO – Ao darem darem detalhes sobre o assalto registrado em Frutal do Campo, os policiais informaram que uma das vítimas, homem de 31 anos, acompanhado da sua namorada, de 28 anos, após realizarem compras em Assis, voltaram para a residência dos pais, no distrito de Cândido Mota, quando surgiu o criminoso.

Quando retirava as sacolas do carro, o casal foi surpreendido por um indivíduo armado com um revólver, que anunciou o assalto.

O pai do rapaz reagiu e tentou desarmar o assaltante, mas a arma disparou, atingindo a parede da garagem.

Nesse momento, o criminoso entrou na casa e trancou todas as vítimas no banheiro, levando R$ 510,00 em dinheiro, o telefone celular de uma das vítimas e fugiu com veículo Ônix.

viatura pm noite

 

 

Veja também

A226 – Três sepultamentos em Assis neste dia 24 de julho

Há três sepultamentos programados para esta quarta-feira, dia 24 de julho, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta