Trabalhador é assassinado com faca cravada ao coração

Um trabalhador de 31 anos de idade que prestava serviços de pavimentação a uma empresa contratada pela concessionária CART – Concessionária Auto Raposo Tavares – foi assassinado com uma faca cravada ao coração no início da noite deste domingo, dia 4 de junho.

O crime aconteceu por volta de 18 horas durante um churrasco que acontecia no alojamento dos trabalhadores, na rua José Carlos Cavina, no Jardim Canadá, em Assis.

Antônio Marcos Gonçalves da Costa discutiu com seu encarregado, de nome Leandro, de 35 anos.

A disputa por uma mulher teria sido a origem da discussão que culminou com o crime.

Na briga, Leandro teria desferido um golpe fatal contra Antônio Marcos. A faca chegou a transfixar o coração da vítima. Um outro golpe atingiu o pescoço do trabalhador.

Leandro, ferido com um corte profundo na mão, fugiu em direção à avenida Perimetral, onde foi socorrido pela equipe de Resgate do Corpo de Bombeiros e por uma viatura policial.

Inicialmente, tanto os bombeiros com a PM foram informados que Leandro era vítima de uma agressão.

Quando os policiais chegaram ao local da ocorrência, a vítima estava sentada na calçada, próximo ao restaurante, com a mão sangrando bastante.

Durante o socorro à vítima, se aproximou um veículo modelo Montana com Antônio Marcos morto. O corpo estava na carroceria do veículo. “Fui eu que matei ele, mas ele me agrediu primeiro”, confessou, espontâneamente, Leandro aos policiais.

Os trabalhadores que transportavam a vítima e estavam no alojamento foram convidados a comparecer ao Plantão Policial para prestar depoimentos que devem ajudar a esclarecer o homicídio.

Antônio Marcos Gonçalves da Costa foi levado para o Instituto Médico Legal onde seria submetido ao exame necroscópico. Após ser liberado, o corpo será encaminhado para Curitiba, no Paraná, onde será velado e sepultado.

O autor do crime foi encaminhado ao Plantão Policial, onde foi decretada sua prisão em flagrante.

Após ser interrogado e contar sua versão, Leandro recebeu de prisão, sendo conduzido à Cadeia de Lutécia, de onde deve ser transferido ao Anexo de Detenção Provisória em Assis para aguardar ser julgado.

Um canivete e uma faca foram apreendidos pela Polícia Militar no alojamento e entregues ao delegado plantonista.

O inquérito será instaurado pela Central de Polícia Judiciária.

acidente

O crime aconteceu no início da noite, no Jardim Canadá, em Assis

 

Veja também

A133 – Vítima de acidente com moto era dono de posto de combustíveis

A vítima de acidente com uma motocicleta Harley Davidson é o jovem empresário Renan Aparecido …

Deixe uma resposta