Tentativa de assalto deixa vítima baleada e três ladrões presos

Tensão e intensa movimentação policial na noite desta segunda-feira, dia 2 de fevereiro, em Assis.

Uma tentativa de assalto a uma empresa de ônibus de turismo por volta das 21 horas, na rua Joaquim Carvalho Mota, na vila Rodrigues, deixou um agente de escolta penitenciária de 32 anos ferido com tiros no abdômem e tórax.

Socorrido, ele foi levado ao Pronto Socorro do Hospital Regional,. onde foi submetido a um procedimento cirúrgico.

Três acusados de envolvimento na tentativa de assalto, sendo dois com participação no roubo a outro ônibus de turismo, registrado na noite anterior, em Ibirarema, foram presos em flagrante pela Polícia Militar. São dois jovens de 21 e 22 anos e um rapaz de 32 anos, todos moradores de Assis.

Com eles, os policiais apreenderam um cartucho CBC 380, um cartucho Áquila 9 mm, uma pistola 380, oito munições intactas 380, um veículo Gol, branco, placas CHQ 7031, um capacete e uma blusa com Capuz.

Por volta das 21 horas da segunda-feira, após receber denúncia de tentativa de roubo ao ônibus de turismo na garagem da empresa, na vila Rodrigues, a equipe de Força Tática deslocou-se até a casa de um suspeito por haver informações de sua participação no roubo ao ônibus de turismo, na noite de domingo, em Ibirarema.

Na casa do suspeito, foi localizado um capacete preto e uma blusa com capuz, os quais foram reconhecidos pela vítima, que também reconheceu outro acusado detido pelos policiais.
Simultaneamente, uma outra equipe da PM abordou o Gol, com dois suspeitos. Havia contra eles, denúncias de outros crimes.

Através de fotos, eles também foram reconhecidos pelo roubo ao ônibus. A vítima, baleada na tentativa de assalto à garagem, reconheceu os suspeitos, inclusive apontou quem teria efetuado os disparos que lhe atingiram.

No momento da tentativa de assalto, o agente de escolta penitenciária estava levando sua namorada para embarcar no ônibus de turismo. Quando os criminosos, ocupando duas motos, anunciaram o roubo, ele reagiu, sacando sua arma, que travou e não disparou.

O trio suspeito de participação nos dois roubos foi preso e levado ao Plantão Policial. Autuados em flagrante pelo delegado Marcelo Armstrong Nunes, todos foram encaminhados à Cadeia Pública de Lutécia, antes de serem levados para o Centro de Detenção Provisória, onde aguardarão julgamento.

Check Also

917 – Polícia Civil deflagra Operação Amnésia em Paraguaçu Paulista

A Delegacia de Polícia Civil de Paraguaçu Paulista, subordinada ao DEINTER 8 de Presidente Prudente, …

Deixe uma resposta