Morre vítima de agressão na Terceira Idade; órgãos serão doados

Morreu na cidade de Marília, tarde desta quarta-feira, dia 13 de fevereiro, aos 53 anos de idade, Roberto Donizete da Cruz, conhecido pelo apelido de ‘Nenê’, que era proprietário do escritório de contabilidade Fênix, na rua Jovis Gonçalves de Souza. Ele foi vítima de agressão sofrida num baile realizado no Clube da Terceira Idade de Assis, na madrugada do último domingo, dia 10.

Ferido, ele foi socorrido e transportado pelo SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – ao Núcleo de Atendimento Referenciado do Hospital Regional de Assis. Em razão da gravidade dos ferimentos, principalmente no crânio, Robertinho precisou ser removido para um hospital em Marília, onde não resistiu e morreu na tarde desta quarta-feira.

A ocorrência foi registrada na Central de Polícia Judiciária e a Polícia Civil instaurou o inquérito, que continua em andamento. Os agressores deverão responder por homicídio. Resta saber se culposo ou doloso.

O irmão de Robertinho, João Cruz, concedeu entrevista ao portal Assiscity confirmando a morte cerebral. Ele explicou que a família autorizou a doação dos órgãos e tecidos. “O processo de doação será feito pela Faculdade de Medicina de Marília. Através de uma Central de Doação em Ribeirão, serão definidos para onde os órgão podem ser doados e encaminhados, dependendo a compatibilidade dos receptores. O processo pode terminar somente na manhã de quinta-feira, quando será feita a necropsia e a liberação do corpo para ser velado e sepultado”, explicou Cruz.

robertinho contadorRobertinho morreu aos 53 anos, vítima de agressão 

 

Check Also

A032 – Morre Pancho Massagista

Morreu em sua residência, no Jardim Paraná, na madrugada desta quarta-feira, dia 10 de abril, …

Deixe uma resposta