Idoso da região morre competindo no Jogos Regionais de Marília

Fatalidade nos Jogos Regionais dos Idosos que acontecem na cidade de Marília.

Um atleta de Cândido Mota, de 73 anos de idade, morreu ao sofrer um infarto fulminante no ginásio de esportes Neuza Galetti na manhã destas sexta-feira, dia 15 de setembro.

Uma equipe do SAMU estava no local e atendeu rapidamente a vítima que acabou falecendo na sala de emergência do Hospital das Clínicas. O atleta é o senhor Lizírio Teixeira de Souza, que representava Cândido Mota na modalidade voleibol adaptado.

Por volta das 11h, pouco antes de começar uma partida de vôlei adaptado, Lizirio Teixeira de Souza passou mal e desmaiou.

Uma equipe médica fez o primeiro atendimento e, devido a gravidade, acionou a UTI Móvel que estava praticamente ao lado, no local onde acontecem as provas de atletismo.

O médico Rodrigo Rafael Vendicto, segundo o portal Visão Notícias, disse que a vítima recebeu seis choques elétricos mas não apresentou reação, sendo imediatamente transportada até o Hospital das Clínicas, onde foram repetidos os procedimentos de emergência. Mas, após 25 minutos foi confirmada a morte.

NOTA OFICIAL – Por volta das 12h30, a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Marília emitiu uma nota oficial lamentando a morte do idoso, dando mais detalhes da estrutura montada e ao mesmo tempo confirmando que os Jogos vão continuar.

Leia a nota oficial:

“A Prefeitura de Marília informa que faleceu na manhã desta sexta-feira (15) o senhor Lizírio Teixeira de Souza, de 72 anos, da cidade de Cândido Mota, que estava participando da 21ª edição do Jori (Jogos Regionais do Idoso).

Lizírio integrava a equipe de vôlei adaptado de Cândido Mota, que tinha jogo marcado contra o time de Adamantina, nesta manhã, no ginásio de esportes Neuza Galletti, na avenida Santo Antônio.

Antes do início da partida, foi realizada a aferição de pressão arterial, confirmando que os jogadores estavam aptos. Com três minutos de jogo, Lizírio fez o saque, marcou o ponto e, no momento da comemoração, passou mal. Foi prontamente atendido pela equipe médica do local e pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que estava no poliesportivo Pedro Sola, que fica ao lado do ginásio de esportes.

A equipe médica realizou os procedimentos para a reanimação e, imediato encaminhamento ao Hospital de Clínicas, onde o óbito foi constatado poucos minutos depois.

Lizírio Teixeira de Souza apresentou atestado médico para inscrição, exigência dos organizadores para que os idosos possam participar da competição, confirmando que estava apto a praticar atividades físicas.

A administração municipal, por meio de todas as secretarias, se solidariza com os familiares e participantes do Jori, reafirmando que a cidade atendeu todos os critérios exigidos pela organização estadual para sediar o evento e seguirá mantendo a estrutura de acolhimento e segurança dos idosos e, respectivas, delegações”.

A Prefeitura Municipal de Cândido Mota ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso.

morte jori

A vítima foi socorrida no ginásio de esportes pelo SAMU

Foto: VC repórter

Veja também

A131 – Morre o sindicalista Aguinaldo Maldonado Amaral

Morreu neste sábado, dia 25 de maio, na véspera de completar 82 anos de idade, …

Deixe uma resposta