Ex-goleiro do VOCEM, Rodnei Paes é o segundo assisense a carregar a tocha olímpica

A tocha olímpica só passará pela cidade de Assis na próxima terça-feira, dia 28 de junho.

Antes disso, no entanto, dois assisenses já tiveram a emoção de segurar e transportar o símbolo dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Na semana passada, a educadora Ana Elisa Martins, de 27 anos, carregou a tocha na cidade de Macapá, no Amapá.

Nesta quinta-feira, dia 23 de junho, foi a vez do ex-goleiro do VOCEM e professor de Educação Física estadual de Rondônia, Rodnei Antônio Paes, formado pela Escola Superior de Educação Física de Assis no ano de 1983, ter o prazer de também carregar a tocha na cidade de Porto Velho, 51ª cidade do revezamento que percorre todo o país.

A tocha olímpica foi recebida na capital de Rondônia com uma vasta programação, incluindo eventos culturais de cerca de 12 horas, concentrada em cinco diferentes pontos da cidade espalhados pelos cerca de 37 quilômetros do percurso da tocha.

Segundo o Comitê Olímpico, os condutores da tocha foram selecionados porque são pessoas que fizeram e fazem a diferença na sociedade, ou na comunidade onde vivem.

A primeira tocha será acesa com a lanterna de segurança. A partir daí, o condutor percorre com ela acesa por 200 metros até encontrar a próxima e encostar uma na outra, com o “beijo da chama”.

rodnei

Rodnei Paes ( à direita) ex-goleiro do VOCEM carregou a tocha em Randônia

Veja também

A135 – Quatro sepultamentos em Assis neste dia 28 de maio

Há quatro sepultamentos programados para esta terça-feira, dia 28 de maio, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta