Comitiva tenta evitar fim do serviço de oncologia no Hospital Regional

Um grupo de prefeitos e deputados estaduais esteve reunido com o secretário estadual da Saúde, Daiv Uip, na tarde desta quinta-feira, dia 6, em São Paulo.

Na pauta: a portaria do Ministério da Saúde descredenciando o Hospital Regional de Assis para prestar o serviço de Oncologia. Na mesma edição do Diário Oficial da União saiu uma outra portaria do Ministério da Saúde credenciando a Santa Casa de Ourinhos para prestar o mesmo serviço.

As publicações caíram como uma bomba na comunidade assisense, que não poupou críticas à classe política que, duas semanas antes, havia anunciado e ‘comemorado’ a permanência da Oncologia no Hospital Regional após um encontro com  o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, durante a inauguração de uma escola na cidade de Lins.

Entre os participantes do encontro na capital paulista na tarde desta quinta-feira esteve o deputado estadual cassado, Mauro Bragatto, de Presidente Prudente, que fez questão de registrar o encontro com o seguinte comentário:

“Nossa batalha pelo credenciamento da oncologia no Hospital Regional de Assis continua”, e prosseguiu

“Nesta quinta-feira, 6/04, somei forças com o Civap (Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema) e acompanhei mais uma etapa da luta, agora junto ao secretário estadual da Saúde, David Uip.

Como já afirmei anteriormente, acredito e batalho para que o serviço seja descentralizado e oferecido tanto em Assis quanto em Ourinhos e Presidente Prudente para atender todo o Oeste Paulista e evitar longas viagens de pacientes e familiares para outros centros oncológicos.

O secretário disse que vai continuar engajado nesse esforço de convencer o Ministério da Saúde da importância do credenciamento. Assegurou que não haverá interrupção no atendimento oncológico de Assis e que o orçamento do HRA não deverá ser onerado.

Também foi solicitado ao secretário equipamento de ressonância magnética para o HRA, que seja autorizada a contratação de mais profissionais para atendimento nas áreas de oncologia, neurocirurgia, intensivistas e pediatria, além da disponibilização de exames de cintilografia.

Presentes os prefeitos de João Ramalho, Wagner Mathias (presidente do Civap), de Maracaí, Eduardo Tatu, de Tarumã, Oscar Gozzi, de Assis, José Fernandes, de Cândido Mota, Roberto Bueno, de Florínea, Paulo Eduardo Pinto, e de Quatá, Marcelo Pecchio, além do deputado Ricardo Madalena e assessores da Secretaria e do consórcio”, finalizou.

comitiva oncologia

Comitiva de prefeitos e deputados que esteve em São Paulo nesta quinta-feira

Veja também

A131 – Morre o sindicalista Aguinaldo Maldonado Amaral

Morreu neste sábado, dia 25 de maio, na véspera de completar 82 anos de idade, …

Deixe uma resposta