Com longas filas, cerca de 1.300 idosos são vacinados dentro dos carros; vacinação é suspensa novamente

Nos dois pontos de vacinação contra a gripe em Assis, na manhã desta terça-feira, dia 31 de março, onde não era preciso o usuário descer do carro, foram registradas longas filas, mas cerca de 1.300 idosos foram vacinados, o que representou uma média de 160 vacinas por hora.

No primeiro dia de vacinação através do carro, repetindo o que outras cidades da região -como Paraguaçu Paulista- já vinham fazendo, os usuários aprovaram o serviço. “A fila é longa, mas caminha rápido e é mais seguro para minha mãe, que não precisou se expor”, contou uma professora, que ficou cerca de 10 minutos na fila de vacinação na Unimed, que se estendeu até as proximidades do ginásio Jairão, na vila Palmares.

Na FEMA, onde o posto de vacinação foi montado na portaria da entrada pela avenida São Cristovão, não foi diferente. Os carros enormes formaram filas, que chegaram até a avenida Getúlio Vargas (foto).

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Assis, Nilsa Leite, nos dois pontos de vacinação através do carro, no período das 8 às 12 horas, foram aplicadas 726 vacinas na Unimed e 565 na FEMA, totalizando 1.291 doses.

SUSPENSA – Além dos dois novos postos de vacinação, a Secretaria Municipal da Saúde disponibilizou vacinas em algumas unidades básicas e escolas municipais. No começo da tarde, em razão da grande procura, o lote de 4.000 mil vacinas já tinha se esgotado. A Prefeitura suspendeu, pela terceira vez, a vacinação, e não arrisca fazer uma nova previsão de quando o serviço será retomado. “Vamos aguardar instruções da Secretaria Estadual da Saúde”, explicou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

31 mar fila vacina

Na FEMA, a fila chegou na avenida Getúlio Vargas

Check Also

A040 – Assis chega perto de 2 mil casos de dengue; número já é quatro vezes maior do que o ano inteiro de 2023

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou na manhã desta terça-feira, dia 16 de abril, o …

Deixe uma resposta