Clássico da ‘Pazcoa’ coloca o Assisense na liderança e VOCEM na lanterna

O Atlético Assisense, do competente técnico Paulo César ‘PC’, confirmou o favoritismo que antecedeu  o clássico da ‘Pazcoa’ no estádio Tonicão, na manhã deste domingo de Páscoa, dia 21 de abril, e derrotou o VOCEM pelo placar de 1 a 0.

O único gol da partida, marcado pelo zagueiro David, deixou o ‘Falcão do Vale’ na liderança do Grupo 4, com seis pontos ganhos, e afundou o ‘Esquadrão da Fé’ para a lanterna do grupo, junto com Elosport, sem pontuação.

É verdade que foram apenas duas rodadas mas, para um grupo onde cada time jogará 10 vezes na fase, isso já representa 20% da etapa inicial. De acordo com o regulamento do Campeonato Paulista da Série B, quatro clubes dos seis participantes da chave avançam à segunda fase.

No motivado Assisense, do badalado técnico Paulo César ‘PC’, apelidado por seu retrospecto como ‘Rei dos clássicos’ no Tonicão, o discurso é de buscar a classificação “o quanto antes”. Segundo estudo do historiador Kita Amorim, ‘PC’, com o jogo deste domingo, participou de cinco clássicos e não perdeu nenhum. Antes, tinha vencido três e empatado um à frente do ‘Esquadrão da Fé’, em 2016 e 2017.

No VOCEM, o treinador Luciano Baiano tem procurado evitar declarações antes e depois das partidas após uma polêmica entrevista concedida na Rádio Fema que provocou o afastamento de alguns colaboradores do clube.

O comentarista da Rádio Fema, Wander Luís, o Vandinho, primeiro centroavante do time mariano no profissionalismo, em 1978, após discutir publicamente com o técnico Luciano Baiano, decidiu se afastar do clube onde já chegou a ser ‘Diretor de Futebol’. “Enquanto esse treinador estiver à frente do time, estou fora”, justificou ele, antes de ser fotografado vestindo a camisa do Atlético Assisense, ao lado do presidente Fabinho Melo.

O CLÁSSICO – Um público de aproximadamente 400 torcedores, dividido nas duas arquibancadas, evidenciou que o tradicional VOCEM ainda atrai mais público do que seu rival. Claramente maior, e mais barulhenta na primeira etapa, a torcida mariana ficou em silêncio a partir do momento em que, após duas brilhantes defesas do goleiro Gabriel Jesus, o time sofreu aos 27 minutos do segundo tempo. O gol foi idêntico ao sofrido no primeiro minuto de jogo contra o Marília, na semana passada. Ao ver o time sem poder de reação, alguns poucos torcedores chegaram a tentar entoar um coro de “Vergonha… time sem vergonha!”, mas logo desistiram e a arquibancada, do lado direito para quem entra no estádio, emudeceu até o apito final.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado, sem chance de gols.

As tentativas foram todas despretensiosas, dos dois lados.

No intervalo, Luciano Baiano sacou o apagado centroavante Tahuan e promoveu a entrada de China.

Por lesão, minutos depois, o VOCEM assistiu a saída do zagueiro Matheus e o ingresso de Luan Bahia.

Com o placar fechado, Luciano Baiano mexeu mais uma vez no ataque. Sacou Wesley e colocou Robinho.

Aos poucos, o pragmático time do Assisense foi fazendo o adversário se encolher e começaram a surgir as principais oportunidades até que, depois de duas boas defesas, o goleiro Gabriel Jesus saiu para tentar interceptar um escanteio, trombou com a zaga, e viu o zagueiro David tocar de cabeça, lentamente para o fundo da rede.

O gol fez o time mariano tentar partir para o ataque, mas de maneira completamente afoita e desordenada.

Apesar da aparente pressão, o ‘Esquadrão da Fé’ não teve nenhuma chance concreta para empatar.

As bolas cruzadas na área eram facilmente interceptadas pelo goleiro Luís ou rebatidas por Alemão e David.

Paulo César ‘PC’, conhecido por seu eficiente sistema defensivo, fez três alterações para ganhar minutos preciosos e proteger a zaga. Tirou Juninho, Cesinha e Rafinha e colocou Igor, Paulo Sérgio e Mateus.

Fim de jogo!

O Assisense, que jogou com: Luís, Silva, David, Alemão e Wiltinho; Léo Soler, Juninho, Omar e Rafinha; Victor Alex e Cesinha, chegou aos seis pontos em dois jogos e lidera, isoladamente, o grupo 4.

O VOCEM, que perdeu o clássico com: Gabriel Jesus; Léo, Matheus, Brunão e Marcelo; Eugênio, Vilson, Oliveira e Ronald; Tahuan e Wesley, ainda não pontuou na competição e divide a lanterna com o Elosport.

O árbitro do clássico foi o jovem João Vitor Gobim, de 23 anos, auxiliado por Diego Morelli e José Lucas Cândido.

O público anunciado foi de 430 pagantes para uma renda de R$ 4.300,00.

RESULTADOS DA RODADA

Marília 0 x 0 Itararé

Santacruzense 3 x 0 Elosport

Assisense 1 x 0 VOCEM

CLASSIFICAÇÃO

Assisense – 6 pontos

Itararé e Marília – 4 pontos

Santacruzense – 3 pontos

VOCEM e Elosport – 0 ponto

PRÓXIMA RODADA

Assisense x Santacruzense

Itararé x VOCEM

Elosport x Marília

assisense x vocem

O Assisense venceu o VOCEM no clássico da ‘Pazcoa’

Foto: Ivanzinho Melo

Veja também

A156 – Coral da Unesp faz apresentação beneficente no Salão de Atos nesta sexta-feira

O Comitê de Ação Cultural e o Coral da Multiplicidade da Unesp de Assis convidam …

Deixe uma resposta