Cavalo morre e voluntária critica Poder Público

Um cavalo, encontrado ferido num pasto do Parque Colinas, não resistiu e morreu no Posto de Monta de Assis, após ser atendido por uma voluntária da S.O.S. Pets e um médico veterinário contactado pela ONG.

O sofrimento do animal foi compartilhado pela voluntária Sandra Aquino, da S.O.S. Pets, que foi ao programa Acorda Assis, na Rádio Interativa FM, na manhã desta segunda-feira, dia 19, para protestar contra a falta de ações preventivas do Poder Público.

“Com exceção do secretário do Meio Ambiente, Fábio Nossak, que estava viajando mas atendeu aos nossos telefonemas, nenhuma outra autoridade -prefeito, vice-prefeito, vereadores e policiais militares- nos deu assistência e nem proteção”, reclamou Sandra.

Ela contou ter sico acionada por crianças que moram perto de sua casa no final da tarde de quinta-feira e viram o animal caído num pasto com lesões pelo corpo.

“Assim que cheguei ao local, vi que o quadro do equino era grave. Com autorização da presidente da nossa ONG, Simone Santa Ferreira e da vice-presidente Regina Fantinati, contactei o médico Marcelo Tibúrcio, que, prontamente, foi até o local. Para tentar salvar, compramos a medicação prescrita, que teve um custo de aproximadamente R$ 700,00”, contou.

Durante o período em que aguardava a chegada do veterinário, Sandra ficou na companhia só de crianças. “Nesse período recebemos ameaças e estávamos no escuro. Tenho provas que liguei para várias autoridades e policiais pedindo apoio e proteção não tivemos ajuda e nem retorno de ninguém. Total descaso”, protestou.

Por telefone, o secretário de Meio Ambiente disse que não poderia socorrer o animal e levá-lo ao Posto de Monta na quinta-feira por ser feriado, mas que isso seria feito na sexta-feira. Foi o que, de fato, aconteceu”, explicou a voluntária.

No início da tarde de sábado, a voluntária recebeu um telefonema do secretário de Meio Ambiente informando que o animal tinha falecido.

Assim que souberam da notícia, voluntárias de outra associação publicaram um desabafo nas redes sociais:

“Até quando o poder público fechará os olhos para esses inocentes?
Tem que haver uma lei municipal. Uma fiscalização rigorosa. Animais não são coisas! Mais um. Mais um coitadinho!”, cobraram.

Indignada e triste com a falta de apoio, a voluntária Sandra Aquino não que o fato seja esquecido.

Além de ter ido ao programa de rádio, ela quer procurar o Ministério Público para denunciar o que chamou de ‘descaso’ do Poder Público com relação ao atendimento a animais vítimas de maus tratos.

Outro problema a ser resolvido pelas voluntárias: pagar as despesas com a medicação. “Já conseguimos ajuda, mas ainda falta parte do dinheiro para o pagamento total dos remédios”, disse Sandra Aquino.

PROMESSA – Há 20 meses, em abril de 2017, três representantes da ONG S.O.S. Pets estiveram no gabinete do prefeito José Fernandes para pedirem apoio. “Estivemos lá para apresentar algumas solicitações de melhorias que auxiliem os serviços oferecidos pela organização  aos animais abandonados”, se lembrou Sandra.

Na ocasião, a Prefeitura Municipal informou em seu portal oficial que “o prefeito José Fernandes conheceu mais sobre o funcionamento da ONG e garantiu que em breve viabilizará projeto direcionado à castração de animais e futuramente, a possibilidade de um local apropriado para destino de animais mortos”, noticiou.

cavalo

O animal morreu no Posto de Monta

SOS Pets gabinete

Em abril de 2017, voluntárias pediram ajuda ao prefeito

Veja também

A108 – Sepultamento em Assis neste dia 16 de maio

Há um sepultamento programado para esta quinta-feira, dia 16 de maio, no Cemitério Municipal da …

Deixe uma resposta