Carro de vereador Pavão é apreendido; descontrolado, ele teria ameaçado Valmir Dionízio e Ernesto Nóbile

Mais uma confusão envolvendo Nilson da Silva, o ‘Pavão’, vereador da Câmara Municipal de Assis com a terceira maior votação nas eleições de 2.016.

Na noite desta segunda-feira, dia 4 de fevereiro, logo após a primeira sessão ordinária do ano, o vereador Pavão foi abordado por uma viatura da Polícia Militar no cruzamento da avenida Nove de Julho com a rua Gonçalves Dias, no centro da cidade.

De acordo com a ocorrência registrada na Central de Polícia Judiciária tendo o título de ‘embriaguez ao volante’, Nilson ‘Pavão, de 65 anos de idade, aparece apenas como ‘investigado’.

“Após ter sido abordado em seu veículo Fiat Linea pela equipe da Polícia Militar no cruzamento da avenida Nove de Julho com rua Gonçalves Dias, o vereador teve um ‘surto’ e danificou o próprio carro, inclusive subindo no capô, porta malas e até no teto do veículo, quebrando a palheta do limpador de parabrisas”, descreve a ocorrência.

Durante a abordagem, transtornado, Nilson Pavão, segundo os policiais militares, “proferiu ameaças de morte ao vereador Valmir Dionísio e ao seu suplente Ernesto Nóbile”.

Diante do descontrole, os policiais conduziram o vereador até a Central de Polícia Judiciária. “O delegado de plantão requisitou a realização do exame toxicológico pelo fato de, momentos antes, Nilson Pavão ter soprado o bafômetro e não ter sido constatado uso de bebida alcoólica”, descreve a ocorrência.

O veículo do vereador, por estar pagamento atrasado no licenciamento, foi apreendido e recolhido ao pátio permissionário do Ciretran, mas Nilson Pavão foi liberado pelo delegado.

Procurado, o advogado de Nilson Pavão, Rafael de Almeida Lima disse ter sido informado sobre o episódio somente na manhã desta terça-feira. “Vou conversar com meu cliente e, após ter conhecimento da ocorrência registrada, estarei me manifestando”, explicou.

pavão

Nilson Pavão se envolveu em nova confusão 

 

Check Also

922 – Polícias Civil e Federal realizam operação conjunta

A Polícia Civil do Estado do São Paulo e a Polícia Federal deflagraram, na madrugada …

Deixe uma resposta