Assisense conquista medalha de bronze no Campeonato Mundial de Atletismo no Quênia

Com tantas notícias ruins no cenário assisense nas últimas semanas, enfim algo que dê orgulho aos moradores e motivos para comemorar.

A atleta Gioavana Rosália dos Santos, nascida em Assis há 16 anos, conquistou a medalha de bronze na final dos 400 metros rasos do Campeonato Mundial de Atletismo, categoria menores, disputado em Nairobe, no Quênia.

A conquista ocorreu na final, disputada no final da tarde de sexta-feira, na cidade queniana.

Giovana compete por Presidente Prudente e foi convocada pela Confederação Brasileira de Atletismo para representar o país no Campeonato Mundial Sub-18 de Atletismo, disputado no Estádio Kasarani, em Nairóbi, no Quênia.

Além do bronze, a assisense Giovana estabeleceu um novo recorde brasileiro dos 400 metros ao cruzar a linha de chegada com incrível marca de 53 segundos e 57.

A medalha de ouro da prova ficou com a atleta tcheca, Barbora Malikova, que cravou 52 segundos e 74.

A medalha de prata foi da queniana Mary Moraa, prata com 53 segundos e 31.

Nascida em Assis, no dia 8 de agosto de 2000, Giovana mora e treina em Presidente Prudente.

“Esperava o resultado, mas é um alívio quando você vê que conseguiu alcançar um objetivo”, disse a atleta por telefone. “Agora, quando voltar para casa, quero cobrar o churrasco que apostei com o Inaldo (Inaldo Sena), meu treinador, de que iria quebrar o recorde”, prosseguiu Giovana.

Giovana treina com Inaldo há três anos, na pista da UNESP. Começou nos 100 m e nos 200 m, mas desde 2015 deu preferência aos 400 m. No ano passado, teve uma experiência difícil ao romper o ligamento cruzado anterior do joelho direito e passar por cirurgia e ficar meses sem treinar.

Atleta da Apa/Semepp, de Presidente Prudente, tinha como melhor resultado pessoal a marca de 54.43, obtida em Campinas (SP), no dia 20 de maio passado. Já o recorde brasileiro sub-18 pertencia a Amanda Fontes Dias, desde o dia 2 de setembro de 2000, com 54.27.

O presidente da CBAt, Toninho Fernandes, comemorou a medalha de bronze. “Parabéns à Giovana e a todos que contribuíram para a sua conquista”, disse.

O técnico Inaldo Sena diz que Giovana, com a conquista no Quênia, entra para história do atletismo. “Confesso que estou muito emocionado e feliz pela conquista da Giovana. Ela entra para história do atletismo de Presidente Prudente e do Brasil com esta medalha. É um começo quem sabe de termos a atleta em 2020 nas próximas Olimpíadas no Japão. Com força e união de todos aqui em Presidente Prudente, o atletismo da nossa cidade voltará aos bons tempos de Claudinei Quirino, André Domingos entre outros”, contou Sena.

Para o secretário de esporte de Prudente e medalhista olímpico, Claudinei Quirino, esta medalha vem cororar o trabalho da atleta e do seu técnico. “Estou muito feliz com esta conquista da Giovana. Ela está de parabéns pela dedicação esforço que lhe rendeu uma medalha de bronze em um campeonato mundial. Quero também parabenizar o técnico Inaldo Sena que é o treinador da atleta e sei o quanto ele vem trabalhando para o atletismo de Prudente cresca e volte a brilhar. Nós da Semepp vamos sempre nos esforçar para fazer com que a modalidade volte a ter uma ótima representatividade, por isso é preciso termos parceiros pra isso”, contou Quirino.

giovana giovana e demais

Giovana Rosália garantiu medalha de bronze para o Brasil no Quênia

Colaboração Marcos Chicalé

Check Also

945 – EXCLUSIVO – Na UTI, ex-prefeito Ézio Spera aguarda por cateterismo

O ex-prefeito de Assis, médico pediatra Ézio Spera, encontra-se internado na Unidade de Terapia Intensiva …

Deixe uma resposta